Home
Bem-vindo à página da Sociedade Filármonica de Cabanas de Viriato
Festa de Natal PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Paula Alves   
Terça, 21 Dezembro 2010 14:42

Festa de Natal da Filarmónica de

 

Cabanas de Viriato

 

vivida com alegria e espírito de união

 

A Sociedade Filarmónica de Cabanas de Viriato levou a efeito neste domingo, 19 de Dezembro, a sua habitual Festa de Natal, com novo espectáculo da “prata da casa”, proporcionando mais uma enchente do salão Lagarto.

A ausência de representação da Câmara Municipal de Carregal do Sal fez-se notar e foi alvo de vivo reparo por parte do presidente da Direcção da Filarmónica. A Junta de Freguesia de Cabanas de Viriato esteve representada pelo seu presidente executivo, José de Barros Figueiredo, e pelo presidente da Assembleia, António Ernesto Serrazes.

Coube à Academia de Música, criada há um ano, abrir o espectáculo. Mostrou apreciável evolução, dando já corpo a uma promissora orquestra infantil, dirigida por Ana Cláudia Campos, professora de música e executante da Banda Filarmónica. Fruto dessa evolução, oito alunos da Academia foram chamados neste espectáculo a integrar a Banda Filarmónica pela primeira vez, o que diz bem da eficácia do trabalho desenvolvido por Ana Cláudio.

Igual a si própria, com a qualidade que lhe é reconhecida, a Banda Filarmónica, sob regência do maestro Evaristo Neto, sucedeu à orquestra da Academia no desempenho em palco, esteve em bom nível, elevando a fasquia do espectáculo e reforçando o orgulho das gentes Cabanenses.

A vontade de estar à altura dessa fasquia foi um desafio que os outros grupos encararam caprichosamente. O Grupo Rhitmos de Dança Moderna, liderado por Fernando Loureiro, primou na encenação da entrada em palco, com elementos do grupo transportando, uma a uma, as letras da palavra Rhitmos, à luz de velas, enquanto era lida uma mensagem atribuída a cada letra. Foi bonito de ver, abrindo expectativas para a evolução em palco. A actuação correspondeu às expectativas e agradou.

A surpresa maior, e sem dúvida o momento mais alto do espectáculo, surgiu da parte do Grupo de Danças e Cantares, fechando-o com “chave de ouro”. A encenação de quadros etnográficos deslumbrou. O pastor, o amolador e o moleiro constituíram quadros de refinado gosto, dignos de serem repostos em qualquer palco. Todos os grupos estão de parabéns pelo trabalho apresentado, mas, ante o primor e a imaginação demonstrados, Rui Costa e seus colaboradores bem merecem ser considerados “reis” desta festa de Natal.

Francisco António Campos, presidente da Direcção, tinha razões de sobeja para se sentir feliz e para expressar o orgulho de ter à sua volta colaboradores que zelam pelo prestígio da Filarmónica. Nitidamente, tudo superou o que é habitual. Ainda assim, uma tristeza vagueava no espírito daquele dirigente, e expressou-a deste modo: “A minha maior tristeza é de, pela primeira vez, não ter aqui ninguém da Câmara. Isso não é bonito. A Filarmónica é a maior e mais antiga instituição do concelho. O nosso trabalho merece outro carinho da Câmara. São sete, podia estar um”.

Ao espectáculo seguiu-se a tradicional ceia de Natal, em convívio realizado no outro salão da Filarmónica, afecto a ensaios, escola de música e museu

                                                                                                                                             In Faroldanossaterra.net

Actualizado em Terça, 21 Dezembro 2010 14:53
 
Festa de Natal PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por José Coutinho   
Sexta, 10 Dezembro 2010 14:14

Actualizado em Sexta, 10 Dezembro 2010 14:24
 
Comemorações do Centenário da República PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Paula Alves   
Quinta, 07 Outubro 2010 14:38

5 de Outubro de 1910, dia oficial da Implantação da República e Feriado Nacional, foi assinalado em Cabanas de Viriato, com a Banda da Sociedade Filarmónica a tocar o Hino Nacional.

 

   Associou-se, desta forma,  ao repto lançado pela Comissão Nacional das Comemorações do Centenário da Republica.

 

   No recinto desta colectividade perante algumas dezenas de pessoas, e edilidades da nossa freguesia, eram 10h 30 quando foi iniciada a interpretação d´ “ A Portuguesa” sendo em simultâneo hasteadas as Bandeiras. Antes de terminar a actuação a Banda efectuou um pequeno concerto, que mereceu fortes aplausos dos espectadores.

   

   Parabéns ao Maestro Evaristo Neto, e a todos os seus músicos.

 

 

Actualizado em Sexta, 08 Outubro 2010 12:48
 
31º Encontro de Bandas PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Paula Alves   
Terça, 28 Setembro 2010 13:38

No próximo dia 17 de Outubro, A Sociedade Filarmónica de Cabanas de Viriato, realizará o seu 31º Encontro de Bandas, que contara com a presença da famosa banda de Verride, mais conhecida pela avozinha das filarmónicas, fundada em 1808.

Iniciaremos o encontro com a colocação de uma coroa de flores no monumento, ao saudoso Júlio de Barros Mendes, e daí saíram as bandas em desfile até a sede onde pelas 15.00 daremos inicio ao concerto, no final do espectáculo será servido um jantar convívio.

Contamos com a sua presença e esperemos que gostem do espectáculo.

Actualizado em Sexta, 01 Outubro 2010 12:11
 
21º Cicloturismo PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Paula Alves   
Sexta, 30 Julho 2010 13:03

A nossa equipa durante o convivio do 21º Cicloturismo veja mais fotos na nossa galeria de imagens A nossa equipa durante o convivio do 21º Cicloturismo  veja mais na nossa galeria

Actualizado em Quinta, 02 Setembro 2010 14:36
 
<< Início < Anterior 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 Seguinte > Final >>

Pág. 30 de 31
Sociedade Filarmónica de Cabanas de Viriato, Powered by Joomla! and designed by SiteGround Joomla Templates